15 maiores economias do mundo: será que o Brasil está entre elas?

Escrito por Mariana Bianchini

É claro que a corrida pelos principais lugares no ranking de maiores economias do mundo nunca para. Apesar de os Estados Unidos se manterem no topo há décadas, os países que ocupam as demais posições precisam se esforçar para não perder seus lugares.

Quer saber em qual posição está o Brasil? E, ainda, quem são os outros países de destaque na economia mundial? Abaixo, você confere quais são as 15 maiores potências econômicas atuais!

1. Estados Unidos – 18.569,10 bilhões (U$)

iStock

A economia dos Estados Unidos é a maior do mundo e possui um mercado de consumo interno bastante forte, além, é claro, de atender às exportações. Tecnologia, agropecuária e mineração são fortes setores no país, mas a tecnologia merece destaque já que a produção de softwares e de produtos de informática tem bastante força e se concentra no Vale do Silício, na Califórnia. Ainda, o turismo também faz a economia girar no país.

2. China – 11.218,28 bilhões (U$)

iStock

Embora tenha apresentado uma leve desaceleração nos últimos anos, a China continua sendo uma das economias que mais crescem no planeta. Este país é o maior produtor de alimentos, incluindo suínos, milho, arroz e outros grãos. Além disso, se preocupa com investimentos em infraestrutura, educação e tecnologia e é um dos maiores importadores mundiais de matéria-prima.

3. Japão – 4.938,64 bilhões (U$)

iStock

Depois de ser derrotado na Segunda Guerra Mundial, o Japão recebeu ajuda financeira de outros países, incluindo os Estados Unidos, para investir em sua reconstrução. Então, o país começou a investir no desenvolvimento industrial e tecnológico. Veículos, equipamentos eletrônicos e artigos de informática são alguns dos destaques de produção.

4. Alemanha – 3.466,64 bilhões (U$)

iStock

A Alemanha possui a economia mais rica da Europa. Os principais setores econômicos do país são: indústria de automóveis e de medicamentos, tecnologia, finanças, construção civil, agricultura e turismo. Apesar de ter sido o pivô de duas guerras mundiais – e ter sido derrotada nas duas -, a Alemanha sempre encontrou maneiras de se reconstruir como potência.

5. Reino Unido – 2.629,19 bilhões (U$)

iStock

O Reino Unido é a união política e econômica de quatro países: Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales. Os principais setores econômicos deste país são o industrial, a tecnologia da informação, o financeiro, o comercial e o turismo. Tem uma taxa de desemprego baixa e menos de 10% de sua população está abaixo da linha de pobreza.

6. França – 2.463,22 bilhões (U$)

iStock

Os destaques da economia francesa vão para as indústrias automobilística, aeronáutica, alimentícia, agropecuária, mecânica, elétrica e química. Ainda, é um país tecnologicamente desenvolvido e tem se tornado uma potência armamentícia e militar. Desde 2008, entretanto, a França, assim como o restante da Europa, tem sofrido com a crise econômica, apresentando desemprego e endividamento público elevados.

7. Índia – 2.256,40 bilhões (U$)

iStock

Apesar de possuir uma das economias que mais crescem no mundo, a Índia também apresenta um crescimento cada vez maior em sua desigualdade social. O setor de serviços é o maior responsável pelo crescimento econômico do país, mas os setores agrícola e mineral também merecem atenção. Além disso, é importante destacar a indústria cinematográfica indiana que produz muitos filmes anualmente e é chamada de Bollywood, uma junção dos nomes da cidade de Bombaím e de Hollywood.

8. Itália – 1.850,74 bilhões (U$)

iStock

A dívida pública, o desemprego e o pouco crescimento no PIB tem dificultado a evolução econômica da Itália, mas isso ainda não é capaz de tirá-la do TOP 10 de maiores economias do mundo. Os principais setores do país são: indústria, turismo, finanças e agricultura. O norte da Itália possui uma área industrial bastante significativa, enquanto o sul é essencialmente agrícola.

9. Brasil – 1.798,62 bilhões (U$)

iStock

Você sabia que o nosso país ocupa a nona posição entre as maiores economias do mundo? Grande exportador, o Brasil possui uma economia sólida através da agropecuária, da indústria e dos serviços. Os principais produtos exportados são carne bovina, carne de frango, café, cana-de-açúcar, soja, aço e minério de ferro, entre outros. O Brasil também faz parte do bloco econômico denominado Mercosul, ao lado da Argentina, do Uruguai e do Paraguai.

10. Canadá – 1.529,22 bilhões (U$)

iStock

As indústrias tecnológica, automotiva, petroquímica e de máquinas são responsáveis pela maior parte do sucesso econômico do Canadá. Mesmo que apresente uma relação dependente com os Estados Unidos, a agricultura, os recursos silvícolas, a mineração e a pesca também são atividades relevantes para o país. Além de tudo isso, o Canadá ainda investe bastante nas universidades e nos centros de pesquisa.

11. Coréia do Sul – 1.411,25 bilhões (U$)

iStock

Nas décadas de 1950 e 1960, a Coreia do Sul foi um dos países mais pobres do mundo, mas rapidamente se tornou uma nação desenvolvida a partir dos anos 80. Hoje, é um dos principais polos industriais e tecnológicos do globo e possui uma economia avançada e diversa. Ainda, estudiosos apontam este país como um dos que se tornarão protagonistas no cenário econômico nos próximos anos.

12. Rússia – 1.280,73 bilhões (U$)

iStock

Apesar de fazer parte desta lista, a Rússia apresenta um desenvolvimento econômico desigual geograficamente: a cidade de Moscou é quem mais contribui para o PIB do país. Ainda, possui uma indústria de armas grande e sofisticada, fabricando equipamentos de alta tecnologia. Petróleo, gás natural e metais preciosos são encontrados em abundância no país.

13. Austrália – 1.258,98 bilhões (U$)

iStock

A Austrália é a maior exportadora de diamantes, alumínio e carvão. Além disso, também exporta ouro, chumbo, ferro, níquel, bauxita, cobre, zinco, gás natural, manganês, petróleo bruto e outros. Sua produção agrícola também merece menção: açúcar, trigo, algodão, cevada e frutas são os produtos mais relevantes.

14. Espanha – 1.232,60 bilhões (U$)

iStock

Entre 1990 e 2007, a Espanha apresentou um crescimento econômico significativo, entretanto, a crise mundial de 2008 teve um impacto considerável no país, que vem tentando se reestabelecer como potência. Os principais setores econômicos da Espanha são: indústria, agricultura, finanças, serviços, turismo e tecnologia.

15. México – 1.046,00 bilhões (U$)

iStock

Com uma economia de livre mercado voltada para a exportação, o México é a segunda maior potência da América Latina, ficando atrás apenas do Brasil. Com os setores industriais e agrícolas ganhando cada vez mais espaço no país, é importante destacar a produção de frutas, cereais, feijão, cana de açúcar, algodão, automóveis, papelaria, cimento e mais.

Se você gosta de estudar sobre geografia e sobre economia, descubra também quais são os maiores e os menores países do mundo!