15 séries brasileiras que vão te fazer dar valor à produção nacional

Escrito por Mariana Bianchini

Muitas pessoas costumam sempre dizer que não gostam de produções nacionais e preferem tudo que vem de fora. Porém, as séries brasileiras a seguir provam que o nosso país está cada vez mais dedicado ao audiovisual e à produção de conteúdo de qualidade. Se você valoriza o que é feito no Brasil, vai adorar assistir às séries abaixo:

1. Desalma (2020)

“Desalma” é a grande aposta de drama sobrenatural de 2020 do Globoplay, o serviço de streaming da Globo. Em 1988, a jovem Halyna desaparece durante uma festa de origens pagãs na cidade fictícia de Brígida. O desaparecimento fez com que a tradição fosse banida do calendário da cidade, mas quando a tradição é retomada trinta anos depois, coisas misteriosas começam a acontecer.

2. Eu, a Vó e a Boi (2019)

Em 2017, o usuário Eduardo Hanzo postou no twitter vários tweets contando sobre a relação de rivalidade de sua avó e a vizinha dela. Os tweets repercutiram tanto na internet que Miguel Falabella decidiu adaptá-la para um série de televisão. Lançada em 2019 pelo Globoplay, a produção tem Arlete Salles e Vera Holtz no elenco.

3. Pico da Neblina (2019)

Produção original da HBO, “Pico da Neblina” se passa em um Brasil que acabou de aprovar a legalização da maconha. O protagonista da história é Biriba, um jovem paulistano que vive do tráfico de drogas, mas, a partir da nova lei, se vê em um dilema: transformar suas vendas em um negócio legal ou continuar na ilegalidade.

4. Ninguém Tá Olhando (2019)

Victor Lamoglia, Júlia Rabello, Danilo de Moura, Kéfera e Augusto Madeira protagonizam “Ninguém Tá Olhando”, uma produção da Netflix. Aqui, o protagonista Uli é o mais novo ângelo do Sistema Angelus – não, você não leu errado, é angelo e não anjo, mas o conceito é praticamente o mesmo. Entretanto, ele não está satisfeito com o funcionamento das coisas e decide desafiar seus superiores.

5. Coisa Mais Linda (2019)

Em 1958, ao se mudar para o Rio de Janeiro, Malu descobre que foi roubada e abandonada por seu marido. Então, ela decide abrir um clube noturno de música ao lado de Délia, uma moça negra e trabalhadora que sofre diariamente com o racismo. Com o apoio das amigas Lígia e Thereza, elas enfrentam uma sociedade ainda mais machista do que a que vivemos atualmente. A série é da Netflix!

6. Segunda Chamada (2019)

A primeira temporada de “Segunda Chamada” foi lançada em outubro de 2019 e gira em torno de Lúcia, uma professora que, depois de alguns anos afastada, volta a dar aula para uma turma de jovens e adultos. Cada um de seus alunos trava batalhas complicadas com a vida e cabe a ela ajudá-los não só a se formar, mas também a lidar com seus conflitos.

7. Sintonia (2019)

“Sintonia” é uma série brasileira produzida pela Netflix que foi criada e dirigida por KondZilla. Situada em São Paulo, a série trabalha a relação dos protagonistas Doni, Nando e Rita com a música, com a Igreja e com o tráfico de drogas na região. Foi a quinta série nacional da Netflix, depois de 3%, O Mecanismo, Samantha! e Coisa Mais Linda.

8. A Divisão (2019)

Gosta de séries policiais? “A Divisão” é uma produção criada para o serviço de streaming da Rede Globo, o previamente mencionado Globoplay, e é ambientada nos anos 90. Inspirada em situações, acontecimentos e pessoas reais, a série aborda uma época em que o Rio de Janeiro estava tomado por uma forte onda de sequestros relâmpagos.

9. Assédio (2018)

Inspirada no livro “A Farsa e os Crimes de Roger Abdelmassih”, do jornalista Vicente Vilardaga, essa série conta a história do ex-médico especialista em reprodução humana Roger Abdelmassih que, a partir de 2009, foi acusado de abusar sexualmente de suas pacientes enquanto elas estavam sob o efeito de sedativos.

10. Sob Pressão (2017)

Evandro é o cético cirurgião-chefe da equipe de um hospital público do Rio de Janeiro. Carolina é uma cirurgiã vascular extremamente religiosa que trabalha no mesmo lugar. Juntos, eles precisam deixar as diferenças de lado e encontrar um jeito de lidar com o ambiente caótico da emergência em que trabalham.

11. 3% (2016)

Essa foi a primeira série brasileira produzida pela Netflix! Num Brasil distópico, a maior parte da população vive em um lugar extremamente pobre chamado Continente. Porém, ao completar 20 anos de idade, todo cidadão pode participar de um processo que seleciona 3% dos candidatos para viver no Maralto, onde tudo é abundante, inclusive a tecnologia.

12. Investigação Criminal (2012)

A série “Investigação Criminal” é de 2012, mas seus direitos de exibição foram adquiridos pela Netflix em 2018. As 8 temporadas e 64 episódios da série abordam de maneira documental as investigações do crimes mais chocantes do Brasil, incluindo, por exemplo, os casos Nardoni e Richthofen.

13. Toma Lá, Dá Cá (2007)

Se você sempre acompanhou séries brasileiras antigas, com certeza se lembra de “Toma Lá, Dá Cá”. Exibida entre 7 de agosto de 2007 e 22 de dezembro de 2009, essa sitcom teve um total de 92 episódios que se passavam no condomínio Jambalaya Ocean Drive e acompanhavam duas famílias vizinhas e entrelaçadas.

14. A Diarista (2004)

Em “A Diarista”, Cláudia Rodrigues interpreta a diarista Marinete, que trabalha em diferentes casas e para todos os tipos de pessoas. Essa série foi um grande sucesso da Rede Globo e teve um total de 4 temporadas, sendo exibidas entre 2004 e 2007.

15. A Grande Família (2001)

“A Grande Família” talvez seja uma das séries mais icônicas da Rede Globo, mas você sabia que ela é um remake de uma série homônima exibida em 1972? A versão mais popular, entretanto, estreou em 2001 e teve, ao todo, 14 temporadas. Marco Nanini, Marieta Severo, Pedro Cardoso, Guta Stresser, Andréa Beltrão, Lúcio Mauro Filho e Rogério Cardoso dão vida à família Silva.

As séries brasileiras estão ganhando espaço nas televisões, mas o cinema nacional já existe há centenas de anos. Confira uma lista superespecial com filmes brasileiros que vão te deixar com orgulho do que é produzido no nosso país!