25 novelas mexicanas de sucesso que foram exibidas no Brasil

Escrito por Mariana Bianchini

As novelas mexicanas começaram a ser exibidas no SBT em 1982, com a produção “Os Ricos Também Choram”. Desde então, a emissora emplacou diferentes histórias de sucesso que, até hoje, estão na lembrança dos brasileiros, como Rebelde, A Usurpadora, Maria do Bairro e muitas outras.

Aqui, você confere 25 novelas mexicanas exibidas no Brasil que tiveram audiências impressionantes. Veja!

1. Os Ricos Também Choram (1979)

Os Ricos Também Choram – em espanhol, Los Ricos También Lloran – foi uma novela exibida no México em 1979. Em 1982, a trama foi comprada pelo SBT e se tornou a primeira novela mexicana a passar no Brasil. Na história, Mariana é uma jovem do sítio que, depois da morte de seu pai, decide se mudar para a cidade. Ela, então, é ajudada e reeducada pelo milionário Don Alberto Santesteban. A partir daí, Mariana começa um romance com o filho de Don Alberto, Luis.

2. Chispita (1982)

Os quase 200 capítulos da produção foram exibidos no Brasil dois anos após o lançamento. Aqui, María Luisa e seu marido sofrem um acidente que resulta na morte dele e na perda de memória dela. Com isso, ela não lembra que tem uma filha chamada Isabel e a menina é levada para um orfanato. Anos depois, ela é adotada por um homem respeitável e viúvo, mas precisa passar por situações complicadas nessa nova vida.

3. Carrossel (1989)

Produzida pela Televisa, Carrosel foi uma telenovela mexicana de 358 capítulos criada em 1989 e exibida no Brasil em 1991. A trama da produção gira em torno de uma turma de alunos do primário e de sua professora, que, por aqui, é conhecida como Helena.

4. Maria Mercedes (1992)

María Mercedes é um remake das telenovelas La Italianita e Rina que, por sua vez, são baseadas na radionovela Enamorada. Essa é a primeira novela da famosa “trilogia das Marias”, que é composta também por Marimar e Maria do Bairro – as três histórias são protagonizadas por Thalia e giram em torno de uma mulher pobre que tem a possibilidade de enriquecer e que se chama Maria.

5. Marimar (1994)

Baseada na novela venezuelana La Indomable, de 1974, Marimar fala sobre uma mulher humilde, pobre e simples que vive em um pequeno povoado perto do mar. Um dia, ela vê sua vida mudar ao conhecer Sérgio, que é filho de um fazendeiro muito rico. A novela foi exibida no Brasil pela primeira vez em 1996 e desde então já foi reprisada quatro vezes.

6. Maria do Bairro (1995)

Para fechar a trilogia das Marias, Maria do Bairro é uma produção mexicana da Televisa de 1995 que foi exibida no Brasil apenas dois anos mais tarde. O grande sucesso da trama fez com que a atriz Thalia viesse ao Brasil e participasse de programas do SBT e, ainda, que a novela fosse reprisada poucos meses depois de seu término.

7. Esmeralda (1997)

Esmeralda é protagonizada por Letícia Calderón, Fernando Colunga e Juan Pablo Gamboa e chegou ao Brasil nos anos 2000. Nesta história, a parteira Dominga realiza dois partos em uma noite: no primeiro, a mãe morre após dar à luz um menino; no segundo, a criança é uma menina e, aparentemente, nasce morta. Ela resolve substituir a criança. Ao voltar para casa com o bebê nos braços, percebe que a menina está viva e ela cometeu um erro terrível. Ela decide ficar com ela e lhe dá o nome de Esmeralda.

8. A Usurpadora (1998)

É inevitável não falar de A Usurpadora se estamos falando de novelas mexicanas. Protagonizada por Gabriela Spanic, a novela foi exibida no Brasil, pela primeira vez, em 1999 e foi um sucesso imediato e impressionante. Por esse motivo, A Usurpadora já foi exibida outras seis vezes no SBT.

9. O Diário de Daniela (1998)

O Diário de Daniela foi exibida no Brasil duas vezes: a primeira nos anos 2000 e a segunda em 2007. A novela fez muito sucesso com o público infantil e garantiu bons índices de audiência, o que fez com que a protagonista Daniela Luján viesse ao país na época para divulgar a produção.

10. Rosalinda (1999)

Produzida por Salvador Mejía para a Televisa em 1999, Rosalinda era protagonizada por Thalía e por Fernando Carrillo e foi exibida no Brasil entre 23 de julho e 13 de novembro de 2001, em 82 capítulos. Ainda, foi exibida novamente pelo SBT em 2004 e em 2013.

11. Carinha de Anjo (2000)

Em Carinha de Anjo, Dulce Maria é uma menina doce e brincalhona que tem 5 anos de idade e é filha do brasileiro Gustavo e da mexicana Teresa. Entretanto, Teresa faleceu quando Dulce Maria tinha apenas 3 anos e Gustavo decidiu deixar a menina em um colégio interno católico. Lá, ela vive sob os cuidados de Estefânia, prima de Gustavo, e do Padre Gabriel, irmão de Gustavo.

12. Primeiro Amor – A Mil Por Hora (2000)

Produção de Pedro Damián – responsável também pelo fenômeno Rebelde -, Primeiro Amor… A Mil Por Hora é uma novela mexicana de 2001 que foi exibida no Brasil dois anos depois e que é um remake da trama Quinceañeara. Anahi, Kuno Becker, Ana Layesvska e Valentino Lanus são os protagonistas da produção.

13. Cúmplices de um Resgate (2002)

Em Cúmplices de um Resgate, a atriz e cantora Belinda protagonizava as gêmeas Silvana e Mariana, que foram separadas em seu nascimento e se encontraram anos mais tarde. Entretanto, no capítulo 91, a atriz foi substituída por Daniela Luján em meio a controvérsias e boatos. A novela é de 2002, foi exibida no Brasil no mesmo ano e ainda ganhou uma versão brasileira em 2015 que tinha Larissa Manoela nos papéis principais.

14. Viva as Crianças! – Carrossel 2 (2002)

Essa novela é um remake de Carrossel produzido com 13 anos de diferença. Protagonizada por Andrea Lagarreta e Eduardo Capetillo, a história contava as aventuras de um grupo de crianças da segunda série do ensino fundamental e foi exibida no Brasil em 2003.

15. Alegrifes e Rabujos (2003)

Os acontecimentos de Alegrifes e Rabujos se passam na vizinha de Sofia, uma menina curiosa que vive com seu pai, sua madrasta e seu irmão. A menina, ao lado de vários amigos, quer desvendar os mistérios que envolvem uma suposta mansão assombrada da rua. A produção é de 2003 e foi exibida no SBT no ano seguinte.

16. Poucas, Poucas Pulgas (2003)

Poucas, Poucas Pulgas retrata a amizade improvável que surge entre um senhor ranzinza e um menino de 12 anos. A novela foi escrita por Irma Ramos, teve sua transmissão original em 2003 e foi exibida pelo SBT no mesmo ano.

17. Amy, a Menina da Mochila Azul (2004)

Se você conhece a atriz Danna Paola da série Elite, vai se surpreender ao descobrir que há 15 anos atrás ela interpretava Amy, a Menina da Mochila Azul. Esta novela é de 2004 e substituiu Poucas, Poucas Pulgas no horário nobre do SBT.

18. Rubi (2004)

A personagem principal Rubi lida com o contrastante desejo de encontrar o amor verdadeiro e de ser muito rica. De uma beleza escultural, ela está decidida a utilizar sua aparência para se casar com um homem rico. A novela é protagonizada por Barbara Mori e foi exibida no Brasil entre 14 de fevereiro e 13 de maio de 2005. Depois disso, foi reprisada três vezes pelo SBT.

19. Rebelde (2004)

Rebelde foi, provavelmente, o maior sucesso jovem mexicano no Brasil e no mundo. A história narra o cotidiano de jovens que estudam em um colégio semi-interno de classe alta no México e aborda dramas típicos da adolescência. Na novela, surgiu a banda RBD que saiu da televisão e foi para os palcos, conquistando uma legião de fãs em diversos países.

20. A Feia Mais Bela (2006)

A Feia Mais Bela é uma versão mexicana da novela colombiana Yo Soy Betty, La Fea. Seus 300 capítulos foram exibidos originalmente em 2006 e a trama chegou ao Brasil no mesmo ano. Aqui, Lety é uma menina inteligente e educada, mas tida como feia. Sua aparência lhe impossibilita de ocupar um cargo à sua altura e ela aceita trabalhar como secretária para Fernando e acaba se apaixonando por ele.

21. Cuidado Com o Anjo (2008)

Maite Perroni, William Levy, Maya Mishalska, René Strickler, Ana Patricia Rojo, Rocío Banquells, Arturo Carmona, Nailea Norvind e Michelle Vieth fazem parte do elenco principal da novela Cuidado Com o Anjo que foi exibida em 2013 pelo STB e gira em torno da jovem Malú, que cresceu em um orfanato acreditando que seus pais estivessem mortos.

22. As Tontas Não Vão Ao Céu (2008)

Produzida em 2008 por Rosy Ocampo, As Tontas Não Vão Ao Céu teve os atores Jacqueline Bracamontes e Jaime Camil vivendo os personagens principais e teve sua primeira exibição no Brasil em 2010 – foi a primeira novela mexicana inédita no SBT depois de três anos de negociações com a Televisa.

23. Camaleões (2009)

Protagonizada pelos atores Belinda e Alfonso Herrera, Camaleões fala sobre dois jovens que são obrigados a roubar por um homem misterioso. Entretanto, eles começam a ser procurados pela polícia e se refugiam no colégio São Bartolomeu. A trama foi exibida entre 25 de outubro de 2010 e 25 de março de 2011 e substituiu As Tontas Não Vão ao Céu.

24. Meu Pecado (2009)

Meu Pecado foi exibida em 110 capítulos pelo SBT entre 2 de junho e 31 de outubro de 2014. A trama enfrentou alguns problemas: o Ministério da Justiça não concordou com a classificação indicativa dada pela emissora brasileira – “não recomendável para menores de 10 anos” – e isso fez com que a novela sofresse vários cortes.

25. A Gata (2014)

A Gata é uma novela mexicana que foi inspirada no livro homônimo de Inés Rodena. Protagonizada por Maite Perroni e Daniel Arenas, a trama gira em torno de Esmeralda, uma jovem que cresceu vivendo na miséria. Ainda criança, ela se torna amiga de Paulo, um garoto muito rico. Quando os dois crescem, a amizade se transforma em amor e os pais de Paulo não aceitam este sentimento.

Como você já percebeu, as novelas mexicanas já se tornaram parte da cultura do nosso país, já que tem sido exibidas há cerca de quarenta anos no Brasil. E aí, sua preferida está na lista?