60 livros para jovens que você precisa ler até seus vinte e poucos anos

Escrito por Mariana Bianchini

Se você tem até vinte e poucos anos, precisa conferir essa lista com 60 livros para jovens. Com histórias emocionantes, inspiradoras ou simplesmente divertidas, essas obras vão ajudar na sua construção pessoal e deixar sua estante ainda mais incrível. Veja:

1. Orgulho e Preconceito – Jane Austen (1813)

Livro mais famoso de Jane Austen, Orgulho e Preconceito faz críticas à sociedade da época, à moral, ao papel da mulher e aos conflitos históricos da Inglaterra do século XIV. A obra narra a história de amor entre Elizabeth, uma jovem simples e de baixa renda, e Sr. Darcy, um nobre rico e bastante disputado.

2. E Não Sobrou Nenhum – Agatha Christie (1939)

Oito pessoas, aparentemente sem conexão entre si, recebem um convite misterioso para se dirigirem à Ilha do Soldado. Lá, são recebidos por um casal de empregados que também foi contratado por cartas e que os informa que os patrões vão demorar um pouco para chegar. Mais tarde, no mesmo dia, uma voz misteriosa vinda de um gramofone faz acusações muito sérias sobre estas dez pessoas. Isolados e impedidos de fugir do local, começam a ser assombrados por uma cantiga infantil que narra as mortes de dez soldadinhos. E Não Sobrou Nenhum é o maior romance de Agatha Christie!

3. O Pequeno Príncipe – Antoine de Saint-Exupéry (1943)

Clássico da literatura infantil, O Pequeno Príncipe é uma verdadeira lição para jovens de todo o mundo. O narrador deste livro é um piloto frustrado que se envolveu em um acidente e foi parar no deserto do Saara. Lá, ele conhece um pequeno príncipe, que lhe conta sobre suas aventuras e lhe ensina a valorizar as pequenas coisas.

4. A Revolução dos Bichos – George Orwell (1945)

A Revolução é uma fábula e sátira à ditadura stalinista escrita durante a Segunda Guerra Mundial, mas publicada apenas em 1945. Aqui, os animais de uma granja se revoltam contra seus donos e tomam o poder. Entretanto, tem início uma ditadura ainda mais opressiva encabeçada pelos próprios bichos.

5. O Diário de Anne Frank – Anne Frank (1947)

Anne Frank foi uma menina que, junto a sua família, tentou sobreviver ao Holocausto se escondendo em um anexo secreto em Amsterdam. Durante o tempo que passou ali, Anne narrou os acontecimentos da época e seus medos e alegrias em um diário que foi entregue a seu pai, Otto, e publicado depois do fim da Segunda Guerra Mundial. Tornou-se um dos livros mais lidos do mundo ao mostrar as atrocidades e horrores cometidos pelo nazismo.

6. 1984 – George Orwell (1949)

Este famoso romance distópico gira em torno de Winston, um homem que vive aprisionado em uma sociedade dominada pelo Estado em que nada escapa à vigilância do Grande Irmão – o líder máximo que grava, monitora e espia a população através de televisores que funcionam como um espelho duplo. Winston tem como função falsificar documentos históricos, moldando o passado de acordo com os interesses do governo, e se vê obrigado a desafiar o sistema quando se apaixona por Júlia.

7. As Crônicas de Nárnia – C.S. Lewis (1950)

Nárnia é um mundo fantástico habitado por criaturas mitológicas, onde a magia existe e os animais podem falar. C. S. Lewis criou esse universo para ser o palco das sete crônicas que compõem esta obra: O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa; Príncipe Caspian; A Viagem do Peregrino da Alvorada; A Cadeira de Prata; O Cavalo e seu Menino; O Sobrinho do Mago; e A Última Batalha.

8. O Senhor dos Anéis – J. R. R. Tolkien (1954)

A trilogia de Senhor dos Anéis, que se inicia com o livro a Sociedade do Anel, se passa num lugar chamado Terra Média que é habitado por vários seres fantásticos – entre eles, os hobbits. Quando o tio do hobbit Frodo decide deixar a região e viajar pelo mundo, ele fica responsável por destruir um anel mágico antes que ele caia nas mãos erradas.

9. O Sol É Para Todos – Harper Lee (1960)

Em um livro que se tornou um dos maiores clássicos da literatura, Scout é a filha do advogado responsável por defender um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos em 1930. A menina narra uma história de racismo, injustiça e represália e faz um discurso muito importante sobre tolerância.

10. O Meu Pé de Laranja-Lima – José Mauro de Vasconcelos (1968)

Zezé é um menino muito pobre de seis anos que faz parte de uma família bastante numerosa – seu pai estava desempregado, sua mãe trabalhava o dia todo em uma fábrica e seus irmãos cuidavam uns dos outros. Carente e esperto, Zezé se envolve em travessuras e transforma seu pé de laranja-lima em seu maior confidente.

11. O Guia do Mochileiro das Galáxias – Douglas Adams (1979)

Primeiro de uma série de cinco livros, o Guia do Mochileiro das Galáxias narra, com muito humor, as aventuras de Arthur Dent e de seu amigo E.T., Ford Prefect, no espaço. Esta dupla escapa da destruição da Terra ao embarcar em uma nave alienígena.

12. Feliz Ano Velho – Marcelo Rubens Paiva (1982)

Em Feliz Ano Velho, Marcelo Rubens Paiva relata o acidente que o deixou tetraplégico: quando tinha vinte anos, subiu em uma pedra e mergulhou em uma lagoa; sem saber o quão rasa era a lagoa, ele fratura uma vértebra e perde os movimentos do corpo. O acidente foi irreversível e o autor fala abertamente sobre as mudanças e lutas que precisou enfrentar.

13. Harry Potter – JK Rowling (1997)

Essa lista não estaria completa sem a série juvenil de maior sucesso de todos os tempos! No primeiro livro – Harry Potter e a Pedra Filosofal -, Harry descobre, em seu aniversário de 11 anos, que, apesar de ter sido criado como um menino normal por seus tios, é um bruxo. Agora, ele vai estudar na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, fazer novos amigos e descobrir tudo sobre Voldemort, o maior bruxo das trevas da história e seu maior inimigo.

14. Desventuras em Série – Daniel Handler/Lemony Snicket (1999)

Desventuras em Série é uma saga de 13 livros, cujo primeiro se chama Mau Começo, que conta as aventuras dos irmãos Baudelaire – Violet, Klaus e Sunny – acostumados a atrair desgraças variadas em suas vidas. A série ficou sete anos entre a lista de mais vendidos do New York Times!

15. Fale! – Laurie Halse Anderson (1999)

Melinda é uma jovem isolada no colégio Merryweather depois de ter ligado para a polícia e arruinado a festa promovida pelos veteranos para comemorar a chegada das férias. Alguns de seus colegas foram até parar na cadeia e, por isso, ninguém mais quer conversar com ela. É em seu projeto de artes que a menina encontra forças para lidar com seus problemas – especialmente com o que aconteceu naquela festa.

16. As Vantagens de Ser Invisível – Stephen Chbosky (1999)

Em As Vantagens de Ser Invisível, Charlie é um adolescente bastante tímido, introvertido e pouco popular. Nesta narrativa, ele é o narrador que escreve cartas para uma pessoa anônima que ele não conhece, a fim de colocar para fora suas preocupações, medos, dramas, ansiedades e as histórias que nem sabe que está prestes a viver.

17. O Diário da Princesa – Meg Cabot (2000)

Transformado em um filme estrelado por Anne Hathaway em 2012, o Diário da Princesa é o primeiro dos dez livros que compõem essa série e que contam a história de Mia Thermopolis, uma menina normal que vive em Nova York e que, um dia, vê tudo ao seu redor mudar quando descobre que é a princesa herdeira de Genóvia, um pequeno principado europeu.

18. Gossip Girl – Cecily von Ziegesar (2002)

A famosa série de TV Gossip Girl teve origem nesta série de livros escritos pro Cecily von Ziegesar baseados na juventude da autora. Ambientada em Manhattam, esta obra revela os segredos de adolescentes ricos, bonitos e problemáticos do Upper East Side.

19. Percy Jackson – Rick Riordan (2005)

Percy Jackson é um garoto de 12 anos que tem TDAH e dislexia e estuda na Academia Yancy, uma escola para crianças problemáticas. Um dia, ele descobre ser um semideus, filho de Poseidon, e precisa chegar ao Acampamento Meio-Sangue – um lugar em Nova York para semideuses que irá prepará-lo para as batalhas que precisará enfrentar. A série é composta por cinco livros e, ainda hoje, é sucesso no mundo todo.

20. Crepúsculo – Stephanie Meyer (2005)

A saga Crepúsculo foi uma febre juvenil sem tamanho entre 2006 e 2012. A história gira em torno de Bella, uma jovem que se muda para a cidadezinha de Forks e se apaixona por Edward Cullen, um garoto misterioso e incrivelmente lindo. Ela, então, descobre que está vivendo um amor proibido já que o menino é um vampiro e pode perder o controle ao seu lado.

21. Quem É Você, Alasca? – John Green (2005)

Miles Halter levava uma vida sem graça quando decide seguir as últimas palavras de François Rabelais, um poeta do século XV, e sair “em busca de um Grande Talvez”. Ele se muda, então, para um internato no estado do Alabama, onde conhece e se apaixoana por Alasca Young, uma jovem cujo livro favorito é “O General em seu Labirinto”, de Gabriel García Márquez. A garota é misteriosa, linda e engraçada e procura uma resposta para sua pergunta mais intrigante: “como vou sair desse labirinto?”

22. A Menina que Roubava Livros – Markus Zusak (2005)

A narradora deste livro é a Morte, responsável por recolher as almas de todos que morrem. Durante a Segunda Guerra Mundial, a Morte encontra e segue Liesel Meminger, uma menina que escapou de um destino trágico e passa a viver sua nova vida roubando livros para aprender a ler.

23. O Menino do Pijama Listrado – John Boyne (2006)

Bruno é um menino de nove anos que não sabe nada sobre o Nazismo e nem sobre o Holocausto, muito menos sabe que sua família tem uma ligação direta com os conflitos que permeiam a Europa daquele século. Da janela de seu novo quarto numa região mais isolada da Alemanha, Bruno vê uma cerca e, atrás dela, várias pessoas usando pijamas. Um dia ele se aproxima de um garoto que vive do outro lado da cerca e que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Os dois começam uma amizade improvável enquanto Bruno tenta compreender os mistérios ao seu redor.

24. Jeremy Fink e o Sentido da Vida – Wendy Mass (2006)

Um mês antes de seu aniversário, Jeremy Fink recebe uma caixa de madeira pelo correio com uma frase entalhada: o sentido da vida – para Jeremy Fink abrir no dia do seu aniversário de treze anos. A caixa tem quatro fechaduras, mas não vem com nenhuma chave. Agora, ao lado de sua melhor amiga Lizzy, ele vai procurar cada cantinho de Manhattan para encontrar uma maneira de abrir este misterioso presente.

25. Querido John – Nicholas Sparks (2006)

John é um jovem rebelde que se alista no exército depois de sair da escola. Porém, entre uma de suas licenças, conhece Savannah, uma estudante bastante tradicional e sonhadora, e se apaixona por ela. A menina promete esperá-lo acabar seus deveres como saldado e, entre os anos seguintes, os dois pouco se veem. O que os aproxima são as cartas de amor que trocam enquanto suas vidas tomam caminhos diferentes.

26. Cidade dos Ossos – Cassandra Clare (2007)

A série de livros Os Instrumentos Mortais é composta por seis livros: Cidade dos Ossos, Cidade das Cinzas, Cidade de Vidro, Cidade dos Anjos Caídos, Cidade das Almas Perdidas e Cidade do Fogo Celestial. Aqui, Clarissa Fray, a Clary, vê sua vida virar de ponta-cabeça quando descobre a existência de demônios, vampiros, fadas, feiticeiros, lobisomens e caçadores de sombras – jovens que carregam sangue dos anjos em suas veias e precisam lutar contra todo o mal vindo do mundo das sombras e grupo cujo qual ela faz parte.

27. Jogos Vorazes – Suzanne Collins (2008)

Jogos Vorazes é o primeiro dos três livros que compõem esta trilogia – Em Chamas e A Esperança completam a obra. Num cenário futurista e distópico, os Estados Unidos se transformaram na nação de Panem, um país dividido em 12 distritos governados de maneira autoritária e ditatorial pela Capital. Os Jogos Vorazes são uma competição anual em que cada distrito envia uma menina e um menino para um campo de batalha em que eles devem lutar entre si e apenas um, dos vinte e quatro, pode sair vivo – apenas mais uma das maneiras de repressão utilizadas pelo governo. Quando o nome da irmã mais nova de Katniss é anunciado como a representante do Distrito 12 daquele ano, ela se voluntaria para tomar seu lugar e coloca ainda mais fogo em uma chama de revolta.

28. Cidade de Papel – John Green (2008)

Em Cidades de Papel, Quentin Jacobsen vive um amor platônico por sua vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Um dia, ela invade seu quarto pela janela e o intima a fazer parte de um plano. Os dois vivem diferentes aventuras durante a noite, porém, no dia seguinte, quando Quentin vai para a escola, descobre que Margo desapareceu. Ele decide procurá-la através de pistas que encontra, descobrindo, assim, que a menina era muito diferente do que ele imaginava.

29. A Última Música – Nicholas Sparks (2009)

A mãe de Vêronica Miller decide mandar os filhos para a Carolina do Norte, para passar o verão com o pai. Ronnie quer distância do pai e o culpa pelo divórcio que o separou do resto da família. Entretanto, é lá que ela conhece Will, um garoto da região pelo qual começa a se apaixonar. Enquanto descobre o primeiro amor, ela precisará lidar com seus problemas familiares e trabalhar em sua relação com o pai.

30. A Lista Negra – Jennifer Brown (2009)

Val e Nick são dois adolescentes que se conhecem no começo do ensino médio e se unem para lidar com o bullying causado pelos colegas. Eles possuem uma lista com o nome de tudo e de todos que odeiam e, para Val, o caderno servia de consolo e desabafo. Nick, por outro lado, levou a lista a sério e abriu fogo contra vários alunos de sua escola há alguns meses. Apesar de não ter nada a ver com o atentado, Val está sendo responsabilizada pela tragédia e precisa enfrentar as acusações que tem sofrido.

31. Garotas de Vidro – Laurie Halse Anderson (2009)

Lia e sua melhor amiga Cassie sofrem com sua obsessão pela magreza e, ainda que não admitam, com seus transtornos alimentares. Um dia, Lia perde ainda mais o controle ao descobrir que Cassie morreu e, pior, tentou ligar várias vezes para ela antes de morrer.

32. Anna e o Beijo Francês – Stephanie Perkins (2010)

O pai de Anna Oliphant é um famoso escritor que decide enviá-la para um colégio interno em Paris. Triste em deixar a cidade em que vive, sua melhor amiga e um possível namoro para trás, Anna se surpreende ao conhecer Étienne St. Clair, um rapaz francês bastante charmoso, mas que tem namorada. Com uma história cheia de desencontros será que o beijo francês vai acontecer?

33. Divergente – Veronica Roth (2011)

Divergente é o primeiro livro de uma trilogia que começou a ser lançada em 2011. Em uma Chicago futurista e distópica, a sociedade é divida em 5 facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e quando os habitantes da cidade fazem 16 anos precisam participar de um teste que os leva para um desses grupos. Beatrice Prior, a protagonista da história, surpreende a todos quando decide se transferir para a facção dos corajosos.

34. A Culpa É das Estrelas – John Green (2012)

Hazel é uma paciente de câncer terminal enquanto Gus perdeu uma perna para o câncer. Os dois se conhecem em um grupo de apoio para crianças com câncer e, então, se aproximam e começam a viver um romance improvável e especial. Tentando descobrir o final de seu livro favorito, que foi deixado em aberto, Hazel decide viajar para Amsterdam ao lado de Gus, aproveitando os momentos juntos que os restam.

35. Como Eu Era Antes de Você – Jojo Moyes (2012)

Louisa Clark tem vinte e seis anos, mora com os pais, a irmã, o sobrinho e o avô, trabalha em um emprego que não paga bem e namora um triatleta que não se importa muito com ela. Quando o lugar em que trabalha fecha as portas, ela é obrigada a procurar outro emprego. É quando se torna cuidadora de Will Traynor, um homem de trinta e cinco anos que se tornou tetraplégico depois de um acidente. Apesar de acomodados, Louisa e Will vão descobrir que irão mudar para sempre a história um do outro.

36. A Seleção – Kiera Cass (2012)

A Seleção é o primeiro livro da série escrita por Kiera Cass. Neste universo, trinta e cinco garotas têm a oportunidade de participar de um concurso em que a vencedora se casará com o príncipe Maxon, se tornando princesa e futura rainha de Illéa.

37. Extraordinário – R. J. Palacio (2012)

Adaptado para o cinema, Extraordinário gira em torno de August Pullman, um menino de 10 anos que nasceu com uma deformidade facial muito aparente e que decide, pela primeira vez, deixar de estudar em casa com sua mãe e frequentar uma escola normal. Agora, ele precisa lidar com as diversas reações das crianças com as quais terá de conviver.

38. Todo Dia – David Levithan (2012)

A personagem A é uma entidade que acorda cada dia em um corpo diferente, levando uma vida diferente. Ela não sabe quem será ou onde estará e, por isso, vive uma vida com regras: não pode se apegar e não deve interferir. Essas regras, entretanto, são postas à prova quando ela acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A, finalmente, encontra alguém com quem quer ficar e ambas vão lutar para se encontrar dia após dia.

39. Eleanor & Park – Rainbow Rowell (2013)

Eleanor é uma garota ruiva, que se veste com roupas estranhas e tem uma família bastante problemática. Park, por sua vez, tem descendência coreana e é apaixonado por música e por revistas em quadrinhos. Os dois se encontram todos os dias no ônibus que os leva à escola e acabam se apaixonando, apesar da desaprovação de suas famílias. Esta história fala sobre como o primeiro amor é intenso e cheio de esperanças.

40. Passarinha – Kathryn Erskine (2013)

Neste livro, Caitlin é uma jovem autista, portadora da Síndrome de Asperger, que tenta ajudar seu pai a lidar com a morte de seu irmão mais velho. Acostumada a ver o mundo em preto e branco, ela começa a descobrir, a seu próprio modo, que existem muitas outras cores para colorir a vida.

41. Eu Sou Malala – Malala Yousafzai e Christina Lamb (2013)

Em Eu Sou Malala, você conhece a história da jovem paquistanesa que decidiu lutar pelo seu direito à educação e quase perdeu a vida ao ser baleada voltando da escola. O acontecido levou Malala às Nações Unidas e a tornou a candidata mais nova a receber um Prêmio Nobel da Paz.

42. O Projeto Rosie – Graeme Simsion (2013)

Don Tillman vive uma vida extremamente organizada e cheia de rotinas particulares, entretanto, ele não consegue encontrar uma companheira. Então, dá início ao Projeto Esposa: um questionário com critérios pouco flexíveis que o ajudarão a encontrar a mulher certa. Entretanto, ele conhece Rosie, uma mulher especial que vai contra absolutamente tudo que ele deseja em uma mulher.

43. Fake – Felipe Barenco (2014)

Fake narra a história de Téo – um jovem prestes a completar 20 anos que acabou de ser aprovado no curso de Direito. Apesar disso, ele enfrenta um dilema: contar ou não para os pais que é gay. Ele, então, se apaixona por um rapaz e começa a descobrir as novidades do mundo adulto.

44. Para Todos os Garotos que Já Amei – Jenny Han (2014)

Para Todos os Garotos que Já Amei é o primeiro de três livros sobre Lara Jean: uma menina que guarda as cartas de amor que escreveu para todos os garotos que já amou em uma caixa azul. Um dia, essas cartas secretas são enviadas a seus destinatários e, de repente, a vida amorosa da menina vira de ponta cabeça.

45. Por Lugares Incríveis – Jennifer Niven (2015)

Violet é uma jovem sofrendo e se culpando após a morte da irmã. Theodore é o esquisito da escola que sofre bullying e tem um pai violento. Quando os dois decidem subir no alto da torre da escola buscando a morte, se encontram e decidem se ajudar a sair das situações em que se encontram.

46. Um Ano Inesquecível – Paula Pimenta, Thalita Rebouças, Babi Dewet e Bruna Vieira (2015)

Um Ano Inesquecível é um livro de quatro contos, cada um escrito por uma autora. Com o objetivo de narrar momentos intensos e ao mesmo tempo simples, Paula Pimenta apresenta uma história de inverno, Babi Dewet conta as mudanças de um outono especial, Bruna Vieira fala sobre uma paixão que nasceu na primavera e Thalita Rebouças mostra um intenso amor de verão.

47. 1+1 – A Matemática do Amor – Augusto Alvarenga (2016)

Aqui, Lucas e Bernardo são melhores amigos. De repente, descobrem que Bernardo irá se mudar para outro país. Apesar da revolta de Bernardo, Lucas decide aproveitar cada momento com o amigo da melhor maneira possível. Porém, os dois acabam percebendo que existe algo mais entre eles do que apenas amizade.

48. O Sol Também É Uma Estrela – Nicola Yoon (2016)

Natasha é uma garota cética cuja família está prestes a ser deportada para a Jamaica. Andando pelas ruas de Nova York, ela conhece Daniel e os dois se apaixonam. Esta história os faz acreditar que o destino tem alguma coisa reservada para eles.

49. Vamos Juntas? – Babi Souza (2016)

Esse livro é pra você, mulher, que já se sentiu insegura andando sozinha pela rua. A autora Babi Souza criou o movimento homônimo que incentivava mulheres a andarem juntas e se acompanharem quando estivessem indo para a mesma direção. A obra traz relatos de mulheres que aprenderam a se unir em um mundo machista e patriarcal.

50. Três Coisas Sobre Você – Julie Buxbaum (2016)

Jessie é uma menina que perdeu a mãe e viu o pai arrumar uma nova namorada e mudar de cidade por causa dela. Agora, ela mora na Califórnia e precisa se acostumar com sua nova realidade. Um dia, ela chega em casa e vê que recebeu um e-mail anônimo assinado pelo nome Alguém Ninguém – esta pessoa começa a se corresponder com ela, ajudando-a a lidar com seus problemas, porém se recusa a revelar sua identidade.

51. Boa Noite – Pam Gonçalves (2016)

Alina é uma jovem que acaba de dar início à faculdade. Com esse novo mundo à sua frente, ela decide ser uma pessoa diferente da que é e tenta se tornar uma garota popular. No meio de todas essas mudanças, uma página de fofocas é criada na internet e ela pode ter a oportunidade de fazer a diferença.

52. Todos Nós Vemos Estrelas – Larissa Siriani e Leo Oliveira (2017)

Todos Nós Vemos Estrelas é um conto de fantasia escrito pelos autores Larissa Siriani e Leo Oliveira. Nele, o Natal se aproxima e a protagonista Lisa gostaria de passar essa época do ano trancada em seu quarto lendo seu livro favorito. Porém, ela recebe uma visita e uma surpresa inesperada – talvez até de outro mundo.

53. Tartarugas Até Lá Embaixo – John Green (2017)

Em Tartarugas Até Lá Embaixo, John Green conta a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que tem transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e decide sair em busca de um bilionário desaparecido – quem encontrá-lo receberá uma enorme recompensa em dinheiro. Reencontros e amizades duradouras permeiam esta história.

54. Confissões de um Garoto Tímido, Nerd e (Ligeiramente) Apaixonado – Thalita Rebouças (2017)

Neste livro da renomada escritora brasileira Thalita Rebouças, Davi é um menino de 16 anos que decide fazer um curso de astrologia. No curso, ele conhece Milena e desenvolve sentimentos por ela, entretanto não consegue vencer a timidez. No final do primeiro semestre, Samantha, colega de classe de Davi, apresenta Gonçalo aos amigos – ele é um menino português que veio passar as férias no Brasil – e a história toma um rumo diferente.

55. As Luzes Mais Brilhantes – Augusto Alvarenga (2017)

Dizem que não existe amor em São Paulo, mas será que isso é verdade? Julién estava cruzando a Avenida Paulista de bicicleta quando trombou com Bruna, uma jovem cineasta bastante diferente. Por esse motivo, eles decidem tomar um café e se conhecer melhor entre as luzes mais brilhantes da cidade de São Paulo.

56. Tudo e Todas as Coisas – Nicola Yoon (2017)

A protagonista desta história tem uma doença rara: basicamente, ela não consegue sair de casa. Com 17 anos, as únicas pessoas que ela vê são sua mãe e sua enfermeira. Um dia, a casa ao lado recebe um novo morador, Olly, e ela se apaixonada por ele, transformando tudo ao seu redor.

57. O Ódio que Você Semeia – Angie Thomas (2017)

Starr é uma adolescente negra que mora em um bairro periférico, mas estuda numa escola cara com colegas brancos e ricos. Um dia, ao lado de seu amigo de infância Khalil, ela é parada por uma viatura policial. Um movimento errado por parte do garoto dá início a tiros que o matam. Agora, Starr precisa encontrar sua voz e fazê-la ser ouvida enquanto enfrenta tamanha injustiça.

58. Ninguém Nasce Herói – Eric Novello (2017)

Nessa distopia brasileira, o Brasil é liderado pelo Escolhido, um fundamentalista religioso e autoritário. Neste contexto, Chuvisco é um jovem que se une a seus amigos para distribuir pelas ruas de São Paulo exemplares de livros proibidos pelo governo. Um dia, ele encontra a Guarda Branca – uma milícia urbana – espancando um garoto na Augusta e precisa agir como um super-herói para ajudá-lo. A partir disso, ele percebe que precisa fazer muito mais pelo futuro do seu país.

59. Os 27 Crushes de Molly – Becky Albertalli (2017)

Aqui, Molly é uma menina gorda e que, aos dezessete anos, já teve 26 crushes, apesar de nunca ter se aproximado de nenhum deles. Quando sua irmã gêmea começa a namorar, Molly tem também a oportunidade de se arriscar e fazer que o vigésimo sétimo crush se torne uma história verdadeira.

60. Orgulho de Ser – Thati Machado,‎ Jonas Maria,‎ Camila Marciano,‎ Luiz Gouveia,‎ Leonardo Antan,‎ Delson Neto,‎ Mariana Jati e‎ Rafael Ribeiro (2018)

Orgulho de Ser é uma antologia que reúne oito histórias escritas por oito autores diferentes na tentativa de representar por diferentes pontos de vista a comunidade LGBTQ+. Com muito sentimento e representatividade, essas histórias, que fazem parte de gêneros diferentes, vão te encantar!

Gostou das sugestões? Então, confira também os melhores livros de romance para adicionar à sua biblioteca particular!