17 livros de autoajuda para manter na mesa de cabeceira

Escrito por Bruna Soder

Nada como uma boa leitura para acalmar os pensamentos mais agitados, não é? As palavras certas têm muito poder para confortar o coração e abrir novos caminhos. Por isso, confira uma seleção de livros de autoajuda e aproveite um momento de introspecção.

1. Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas (1936)

O livro de Dale Carnegie, grande escritor americano, aborda um assunto simples, mas muito importante: como eu posso ser mais gentil e, consequentemente, ter bons amigos. Com diversos exemplos práticos, o autor mostra formas de conversar mais amenas e simpáticas.

2. Como Evitar Preocupações e Começar a Viver (1948)

De mesma autoria do livro anterior, este conta, de forma semelhante, dicas e truques exemplificados de como deixar para lá as preocupações diárias que te impedem de crescer. O livro é outro bom título para ser lido de tempos em tempos.

3. A Sutil Arte de Ligar o F*da-se (2017)

Neste livro, o escritor Mark Manson quer ajudar o leitor a abrir os olhos para sua vida e entender o que realmente é importante. Sendo assim, você conseguirá separar o joio do trigo e viver para si e suas necessidades antes de mais nada.

4. O Poder do Hábito (2012)

Charles Duhigg mostra com diversos exemplos como é ruim estarmos presos aos hábitos e rotinas que não nos permitem evoluir como humanos. Nesta leitura, você poderá sintetizar o assunto facilmente e colocá-lo em prática.

5. Por que Fazemos o que Fazemos? (2016)

Se a rotina do trabalho está difícil de ser mantida, Mario Sergio Cortella mostra algumas formas de lidar melhor com esta situação e encontrar o verdadeiro propósito do trabalho.

6. Arrume a Sua Cama (2017)

William McRaven compartilhou sua experiência de anos na marinha norteamericana em uma palestra que viralizou e deu origem a um livro de lições resumidas. Vale a pena a leitura sobre como se posicionar em momentos difíceis, por exemplo.

7. Ansiedade: como enfrentar o mal do século (2013)

O nome já diz tudo: este é um livro de autoajuda para ansiosos, de Augusto Cury. Nele, você encontrará exercícios para resolver seus problemas aos poucos, com mais leveza e sem pressão. Este pode ser um grande amigo nas horas de aperto.

8. O Milagre da Manhã (2012)

Hal Elrod nos ensina de forma simples como mudar hábitos e passar a valorizar as primeiras horas do dia, tendo mais energia e desenvolvendo habilidades antes inimagináveis.

9. Você é Insubstituível (2002)

Outro livro de autoajuda de Augusto Cury que apresenta palavras gentis sobre a pessoa mais importante da sua vida: você mesmo! O livro faz o leitor sonhar e acreditar em seu potencial, olhando para si como um vencedor.

10. Você Acredita Mesmo em Amor à Primeira Vista? (2018)

Neste livro, Fabi Santina conta suas experiências positivas e negativas com o amor e como aprendeu a viver um dia após o outro, sem se afobar com o entusiasmo de uma paixão repentina.

11. Mulheres Que Correm Com Os Lobos (1992)

Clarissa Pinkola Estés faz uma comparação de como as mulheres vêm sendo tratadas na sociedade moderna: como os lobos. Sua vontade de fazer outras mulheres enxergarem seu potencial rendeu um livro que, até hoje, é fortemente recomendado por terapeutas.

12. Não Se Apega Não (2014)

Um dos livros de autoajuda para relacionamentos mais populares, escrito por Isabela Freitas, o “Não Se Apega Não” conta a difícil decisão de terminar um relacionamento e como lidar com as fases seguintes desta etapa da vida.

13. Coragem é Agir Com O Coração (2019)

Fred Elboni é conhecido por sua influência nos meios digitais. No livro, o escritor mostra como podemos criar relações melhores com os outros e conosco, vivendo sem pressões e honestamente.

14. Palavras de Sabedoria (2015)

Neste livro escrito por Dalai-Lama, você encontrará diversos ensinamentos do budismo e como aplicá-los no seu dia a dia, tendo assim uma vida mais serena e consciente.

15. O Poder do Agora (2000)

Viver no passado pode ser um grande problema para as pessoas. Aqui, Eckhart Tolle conta como dar prioridade para o presente sem levar as queixas de momentos anteriores para o futuro.

16. Meu Livro da Consciência (2017)

Este é outro dos livros de autoajuda que fala sobre como se sentir confortável com suas próprias escolhas, sendo mais consciente. As palavras de Tadashi Kadomoto aumentarão sua autoconfiança e, consequentemente, te levarão a viver melhor!

17. Pare de se Odiar (2018)

O livro de Alexandra Gurgel é um exemplar contra a gordofobia e pode até ser um aliado contra a depressão. A escritora, também youtuber, fala sobre autoaceitação e como se sentir realmente bem com o seu corpo, seja ele como for.

Gostou destes livros de autoajuda? Que tal ler outros textos que podem aprofundar estes temas? Veja uma lista de livros de psicologia e entenda mais do universo das nossas mentes.