20 desenhos educativos para os pequenos aprenderem enquanto se divertem

Escrito por Laura Cecilio

A televisão é muito presente na nossa vida e acaba nos influenciando na maior parte do dia. Para tirar proveito disso, selecionamos alguns desenhos educativos infantis para seus pequenos aprenderem um pouco mais pela telinha. Confira:

1. Mundo Bita (2014)

Mundo de Bita é um desenho brasileiro, com um universo todo para explorar. É usando da imaginação que os personagens conseguem fazer a nave das ideias funcionar e viver muitas aventuras. Estreou recentemente seu longa-metragem e está disponível gratuitamente no YouTube.

2. Que Monstro te Mordeu? (2014)

Esse programa brasileiro, apesar de ser em Live Action, não tem limitações para o uso da imaginação. Lali vive no Monstruoso Mundo dos Monstros e precisa dar conta dos conflitos causados pelos monstros que querem gerar caos.

3. Show da Luna (2014)

O Show de Luna é um ótimo desenho para incentivar o estudo e a vontade de aprender ciência: ele estimula a curiosidade e o conhecimento explorando o mundo como um laboratório. A cada episódio, uma descoberta diferente.

4. Peg + Gato (2013)

Se o anterior estimula a ciência, o forte desse é a facilidade com os números. Esse desenho de origem latina utiliza da matemática para Peg e o seu gato resolverem problemas que aparecem em suas aventuras.

5. Patrulha Canina (2013)

Um dos desenhos mais queridos do Discovery Channel, essa produção apresenta Ryder, o menino que conta com a ajuda de seus seis amigos cãezinhos para resolver mistérios e problemas do dia a dia incentivando a cooperatividade e a colaboração.

6. Doutora Brinquedos (2012)

Esse desenho da Disney se passa na clínica dos brinquedos, onde os pequenos aprendem a importância de se cuidar e cuidar do próximo, já que a Doutora Brinquedos está sempre lá para ajudar seus pacientes e ouvi-los.

7. Tromba Trem (2011)

Este desenho brasileiro apresenta um grupo de amigos formado por um elefante, um tamanduá e uma colônia de cupins, que se aventuram em um trem a vapor e conhecem, a cada episódio, um país da América Latina.

8. Meu Amigãozão (2010)

Esse desenho, que é uma produção de estúdios brasileiro e canadense, conta a história de Yuri, um menino de 4 anos, que convida seus amigos para embarcar em aventuras com o seu amigo imaginário, um elefante azul. Eles tratam valores como amizade, bullying, entre outros.

9. Peixonauta (2009)

Outro sucesso da Disney, esse desenho nos convida, a cada episódio, a embarcarmos nas aventuras de um peixinho agente secreto. Ele conta com seus amigos dentro e fora d’água para cumprir suas missões, estimulando a criatividade.

10. Milly e Molly (2008)

Esse desenho, que apresenta Milly e Molly, ensina valores como a amizade e a empatia com o próximo. De importância incrível ao assumir uma menina negra como protagonista, Milly e Molly são amigas que levantam questões da infância e utilizam de muita criatividade para enfrentar os problemas do dia a dia.

11. Inami (2007)

Esse desenho nasceu de um projeto francês para falar sobre a Amazônia e a cultura indígena do Brasil, contando a história do jovem índio Inami, o garoto de 11 anos que precisa aprender as tradições e passar pelas provas da cultura da sua tribo.

12. Garota Super Sábia (2006)

Garota Super Sábia é uma produção que visa trazer um pouco da latinidade para as crianças. Rita Bastos, no dia a dia é uma garota normal, com obrigações normais, mas quando o crime na cidade aparece, é hora de utilizar da sua inteligência para combater as forças do mal. Para isso, basta dar aulas de português e Rita tira de letra uma vitória e grandes aprendizados.

13. A Casa Do Mickey Mouse (2006)

A Casa do Mickey Mouse, desenho inspirado no Mickey dos anos 60, utiliza de muitos recursos visuais e coloridos para estimular a curiosidade e a criatividade dos pequenos: a casa do Mickey é famosa por ter muitas bugigangas tecnológicas para solucionar problemas.

14. Go, Diego, Go! (2005)

Se Dora, A Aventureira ajuda na aprendizagem do inglês, Diego estimula o ensino do espanhol. É um desenho que aprecia o cuidado da natureza e a conscientização do uso dos recursos naturais trazendo as crianças para as grandes aventuras na selva com Diego.

15. Charlie e Lolla (2005)

O desenho de produções americana e britânica apresenta a vida dos irmãos Charlie, que tem 7 anos e Lola, que tem “quase 5”. Lola é uma garotinha de personalidade muito forte, que dá uma lição nas crianças e adultos sobre respeito e amor. Além disso, o desenho estimula a curiosidade e busca solucionar as dúvidas da infância.

16. Turma da Mônica (2004)

Esse desenho existe desde os anos 70, mas passou a ser educativo quando entrou no Cartoon Network no período da manhã. Apresenta Mônica e seus amigos matando as curiosidades do dia a dia, o valor da amizade e o respeito para com os mais velhos.

17. Peppa Pig (2004)

Com um gráfico muito simples, Peppa Pig tem episódios curtos que tratam sobre situações do cotidiano da porquinha, seu irmão e seus amigos, como aprender a compartilhar, o desprendimento material, a curiosidade e a igualdade de gênero.

18. Dora, A Aventureira (2000)

Dos mesmos produtores de Go, Diego Go!, esse desenho interativo coloca Dora, a jovenzinha, para chamar o expectador e participar das suas aventuras. Foi uma criação importantíssima para o marco dos desenhos interativos. Estimula uma rotina de alfabetização e a rapidez de raciocínio.

19. As Meninas Super Poderosas (1998)

As Meninas Super Poderosas é um desenho infantil, muito indicado para jovens e adultos também. Sua versão mais antiga cativou a infância de muitos adultos de hoje e sua versão mais atual busca fazer o mesmo. É um desenho que toca nos assuntos sociais como diferenças de classes, privilégios, igualdade de gênero, entre outros.

20. Caillou (1997)

Esse desenho francês emblemático apresenta Caillou, um menino de quatro anos que aprende lições valiosas, como tratar bem os mais velhos, como cuidar dos pequenos ou como resolver situações de conflito comuns da rotina.

Percebemos que tem sido frequente a persistência em tocar em temas sociais, que estimulem não apenas a curiosidade e a criatividade, como também a formação de um pensamento crítico posteriormente. O que você achou dessa lista?