20 cantoras sertanejas que são as rainhas da sofrência

Escrito por Karyne Santiago

A música sertaneja nunca esteve tão em alta como atualmente. E é impossível negar que o país está passando por um momento musical em que o sertanejo sofrência está ganhando destaque, com cantores e duplas abordando esse tema tão conhecido e querido pelo público. E tudo isso se torna ainda melhor juntamente com o movimento “Feminejo”, que não é novo, mas que tem crescido dia após dia com o sucesso feito por todas as cantoras sertanejas em atividade.

Por isso, você vai conferir uma lista com 20 cantoras sertanejas que ocupam esse espaço do sertanejo, tão dominado pela voz masculina. “Simbora” curtir a sofrência?

1. Marília Mendonça

Nascida em Cristianópolis, Goiás, e conhecida nacionalmente como a rainha da sofrência, Marília tem 23 anos. Sua carreira iniciou como compositora de músicas para cantores como João Neto e Frederico, Cristiano Araújo e Henrique e Juliano, com quem, cerca de quatro anos atrás, estreou na carreira como cantora participando de duas músicas da dupla.

2. Simone e Simaria

As famosas Coleguinhas nasceram em Uibaí, Bahia, na década de 80. Simaria iniciou na carreira musical primeiro, como backing vocal do cantor Frank Aguiar. Simone seguiu os passos da irmã entrando também para a banda do cantor assim que completou a maioridade. Porém, só ganharam reconhecimento quando entraram para a banda Forró do Muído, saindo em 2012 para se tornarem uma dupla sertaneja.

3. Maiara e Maraísa

Essas gêmeas que conquistaram o país são mato-grossenses e nasceram em dezembro de 1987. Iniciaram como compositoras de algumas duplas famosas e foram apadrinhadas por Jorge e Mateus. A dupla lançou o seu primeiro álbum em 2014.

4. Naiara Azevedo

Essa paranaense de 28 anos, apesar de ter influência musical na família, nunca pensou que faria o sucesso que faz hoje. Naiara se formou em estética, mas sem querer, ao postar um vídeo cantando uma música em resposta ao single “Sou Foda” de Carlos e Jader, que nomeou como “Coitado”, ela acabou sendo nacionalmente conhecida, iniciando assim sua carreira na música.

5. Paula Mattos

Paula, nascida em Mato Grosso do Sul, iniciou sua carreira aos 12 anos compondo e cantando em bares. Trabalhou como backing vocal de Thaeme e Thiago e compôs diversas músicas para cantores famosos. Mas foi apenas em 2015 que tomou coragem para enfrentar os palcos com uma carreira solo.

6. Thaeme

Você pode não lembrar, mas ela ganhou a segunda temporada de Ídolos. Com um contrato com a Sony BMG, Thaeme gravou sua primeira música que foi lançada em 2007. Desde então a cantora batalha por sua carreira, fazendo sucesso hoje na dupla Thaeme e Thiago.

7. Paula Fernandes

Com sua carreira iniciada ainda na infância, Paula Fernandes está na estrada há alguns anos conquistando seu espaço na música. Mas apesar de começar cedo, a mineira, de 34 anos, só ficou conhecida depois do seu quinto álbum, intitulado de “Pássaro de Fogo” que chegou a ganhar disco de platina tripla.

8. Bruna Viola

Fã de Tião Carreiro, compositora, violeira e cantora, Bruna teve que decidir entre a faculdade de Veterinária e a carreira de artista, e acabou optando pela última. A jovem de 25 anos, chamada pelos fãs de “Flor Mato-grossense”, tem sua influência musical pautada no sertanejo raiz, e ganhou ainda mais reconhecimento com a música “Se você voltar”, gravada com a participação da dupla César Menotti e Fabiano.

9. Maria Cecília

Maria Cecília, da dupla “Maria Cecília e Rodolfo”, começou a sua carreira, juntamente com seu parceiro Rodolfo, cantando na faculdade para os amigos, mas acabou abandonando o curso para seguir com a dupla, que assim como Maiara e Maraísa, foi apadrinhada por Jorge e Mateus. O sucesso dos dois se iniciou com a música “Você de volta” lançada no primeiro álbum deles em 2008.

10. Roberta Miranda

Com seus 58 anos, essa gigante na música é cantora, compositora, instrumentista, escultora e pintora. Roberta iniciou a carreira aos 16 anos cantando em bares, e com seu primeiro álbum gravado em 1986, ela se tornou um fenômeno nacional.

11. Inezita Barroso

Ela iniciou sua relação com a música aos sete anos, quando começou a cantar e tocar violão e viola. Lançou seu primeiro álbum em 1951, foi apresentadora do programa “Viola, Minha viola” e ganhou diversos prêmios. Inezita morreu em 2015, aos 90 anos, mas deixou o seu legado na música com seus 50 anos de carreira e 80 discos gravados.

12. Sula Miranda

Irmã da nossa querida rainha do rebolado, Gretchen, Sula iniciou a carreira musical junto com as irmãs. Mas só atingiu o sucesso em 1986, quando lançou seu primeiro álbum de carreira solo, inovando o sertanejo da época com a música “Caminhoneiro do amor”.

13. Wanessa Camargo

Cantora, compositora, apresentadora e atriz, Wanessa é filha do sertanejo Zezé Di Camargo. Ela lançou seu primeiro álbum em 2000 com músicas focadas no estilo country e ganhando reconhecimento com as músicas “O amor não deixa” e “Apaixonada por você”. Apesar do sucesso, em 2005 Wanessa decidiu mudar seu estilo musical para o dance-pop, lançando músicas de sucesso como “Amor, amor”. Porém, para a surpresa do público, em 2016 Wanessa lançou um álbum com o estilo sertanejo, afirmando que não se identificava no estilo pop.

14. Yasmin Santos

Provavelmente você já ouviu um sucesso dela achando que era a Marília Mendonça. Yasmin tem 20 anos e é do Guarujá. Aprendeu a tocar violão sozinha e iniciou a carreira aos 17 anos, cantando em bares. Ela ainda está ganhando reconhecimento na música, mas teve êxito quando seu atual empresário postou um vídeo dela cantando. Esse vídeo ganhou cerca de 2 milhões de visualizações em apenas um dia.

15. Lauana Prado

Cantores como Edson e Hudson e João Neto e Frederico já gravaram músicas escritas por ela. Lauana recentemente lançou um EP com seis faixas, onde mostra todo o seu talento com músicas próprias. Apesar de estar iniciando a carreira, a cantora já se encontra na playlist “Rainhas do sertanejo” no Spotify.

16. Solange Almeida

Essa baiana arretada de 44 anos já cantou em bandas como Cavaleiros do Forró, Caviar com Rapadura e Aviões do Forró. Mas, em 2017, decidiu seguir carreira solo, lançando seu primeiro DVD intitulado “Sentimento de mulher”.

17. Mariana Fagundes

Nascida em Mato Grosso do Sul, a jovem que já sofreu três acidentes que quase tiraram sua vida, ainda está conquistando seu espaço na música, mas já tem músicas de sucesso circulando por aplicativos de música, como o Spotify. Mariana começou a ter reconhecimento depois de uma apresentação no Peão de Barretos em 2015.

18. Janaynna

A cantora começou sua carreira na música sertaneja em 2009 com a música “Sacanagem sua”. Mas foi apenas em 2010, depois de uma participação no show de Jorge e Mateus, que começou a ser reconhecida. Janaynna já lançou sete álbuns, além de gravar a música “Te amo e te desejo” com o cantor Eduardo Costa.

19. Day e Lara

Com composições gravadas por cantores como Gusttavo Lima, Simone e Simaria e Wesley Safadão, a dupla lançou seu primeiro álbum em 2016, com 12 músicas. As meninas ganharam grande êxito ao gravar a música “Até ex duvida” em parceria com Maiara e Maraísa.

20. Júlia e Rafaela

Gêmeas de 16 anos, nascidas em Campo Verde (MG), elas prometem ser a sensação do momento. As irmãs possuem um EP intitulado “Canção Favorita”, com seis faixas, quase todas escritas por elas. A dupla também tem músicas na playlist “Rainhas do sertanejo” do Spotify.

Você tem alguma cantora sertaneja preferida? Com essa lista, você com certeza vai expandir o olhar para o Feminejo! E que tal aproveitar o momento empoderamento e curtir 35 músicas feministas que mostram a voz da mulher?