50 bandas de rock internacional para incluir em sua playlist

Escrito por Sheila Almendros

Se tem um gênero musical que representa centenas de causas, movimentos e ideologias ao longo dos anos, é o rock! E é nessa lista que você conferirá as bandas de rock internacionais do gênero que não podem faltar em sua playlist.

1. Nirvana

A importância do Nirvana não só para o grunge, como para o rock de uma maneira geral, é praticamente imensurável. Isso porque Kurt Cobain, líder, vocalista e principal compositor da banda foi considerado como o “porta-voz de uma geração”, e o álbum Nevermind como um dos maiores de todos os tempos em sua categoria. Mesmo com a morte de Kurt em 1994, o legado do trio permaneceu vivo, influenciando centenas de outras bandas que vieram depois deste período. Afinal de contas, quem nunca se pegou ao menos batendo o pé acompanhando a melodia da famosa “Smells Like Teen Spirit”?

2. The Beatles

Os Beatles fizeram parte de uma febre jamais repetida no cenário musical (momento este que até ganhou o apelido de Beatlemania) e, com certeza, foram peça fundamental para o crescimento do rock’n roll na história da música. Sem eles, provavelmente diversas bandas nem teriam existido, fincando assim a sua grande importância inquestionável. Apesar do pouquíssimo tempo juntos (apenas 10 anos), John, Paul, Ringo e George transformaram uma geração inteira com suas músicas de ideais progressistas. Mesmo com o encerramento de suas atividades, anunciada em 1970, o legado deste quarteto inglês se extendeu até os dias atuais.

3. The Rolling Stones

The Rolling Stones surgiu em uma época em que mudanças comportamentais dos jovens nos anos 60 tiveram uma grande influência da música, sendo assim frequentemente relacionados com a contracultura e rebeldia daquele público. Desde 1962 até os dias atuais, venderam mais de 240 milhões de álbuns no mundo inteiro, e até 2007, quatro das cinco turnês de maior bilheteria e lucro de todos os tempos, eram dos Rolling Stones. Precisa dizer mais alguma coisa?

4. Led Zeppelin

Banda que dispensa comentários, criadora de hinos como “Stairway to Heaven”, “Immigrant Song” e “Babe I’m Gonna Leave You”. Possui uma das principais duplas de vocalista e guitarrista do rock, Robert Plant e Jimmy Page. Infelizmente os integrantes anunciaram o fim da banda em dezembro de 1980, após a trágica morte de John Bonham em decorrência ao consumo de álcool. Bonham até hoje é considerado um dos maiores bateristas de todos os tempos.

5. Queen

Iniciada em Londres no ano de 1971, a banda Queen originalmente era composta por Freddie Mercury (vocal, piano), Brian May (guitarra e vocal), John Deacon (baixo, guitarras, vocais) e Roger Taylor (bateria, vocais). Seu 4º álbum, A Night At The Opera (1975), vendeu mais de 1 milhão de cópias e nos presenteou com clássicos como Bohemian Rhapsody e Love of My Life. Na década de 1980, a banda começou a flertar com um estilo mais dançante, com baixos marcantes, como podemos conferir em Radio Ga Ga e I Want to Break Free. Mesmo após a morte de Freddy Mercury, em 1991, a banda continua ativa em projetos, sem a participação de John Deacon, que vive recluso com sua família.

6. The Who

Você pode até não conhecer muito do The Who, mas certamente já escutou uma de suas músicas sem saber, nas aberturas de CSI, CSI Miami e CSI Nova York. Mas não se engane, pois a fama desta banda inglesa veio muito antes da popularização das séries citadas. Aliás, muito antes mesmo, precisamente em 1964! O dinamismo no palco é a principal marca registrada deste grupo power pop, que conceituou o rock europeu com os icônicos álbuns Tommy & Live At Leeds e Quadrophenia.

7. Aerosmith

Uma das bandas que mais representa o rock norte-americano, o Aerosmith possui uma longa história, envolvendo sucesso e alguns problemas de seu vocalista e líder Steve Tyler, que praticamente faliu a banda no começo da carreira pelo uso abusivo de drogas. Mas depois de superada tal crise, foram mais de 150 milhões de álbuns vendidos ao redor do mundo, tornando-se a banda que mais vendeu na história dos EUA, e entre os clássicos você não pode deixar de ouvir Dream On, Walk This Way, Livin’ on the Edge e a famosa Crazy.

8. Guns’n Roses

Foi na badalada Los Angeles que nasceu o Guns’n Roses, em 1985, uma das bandas mais influentes do hard rock americano. Não é para menos, já que os caras venderam mais de 100 milhões de cópias em todo o mundo, sendo 33 milhões só do disco de estreia Appetite for Destruction. Com um vocal inconfundível e solos de guitarra marcantes, o Guns levou ao seu fiel público clássicos inesquecíveis como Welcome To The Jungle, Patiences, November Rain e Sweet Child O’ Mine.

9. Metallica

É incontável o número de sucessos que o Metallica criou desde 1981, quando a banda foi oficialmente formada, e isso está refletido nas centenas de indicações e vitórias do grupo em premiações renomadas, como Billboard Music Awards, Grammy, MTV Video e Europe Music Award.

10. Red Hot Chilli Peppers

Um dos principais nomes da música hoje em dia, o Red Hot Chilli Peppers iniciou ainda nos anos 80 em Los Angeles. Tendo como membros desde a fundação o baixista Flea e o vocalista Anthony Kiedis, construíram uma carreira sólida com o seu estilo que mistura punk, rock psicodélico e principalmente funk. A banda é relevante para o mundo da música até hoje, lançando hits em cada novo disco.

11. Pearl Jam

A banda grunge de Seattle estourou nos anos 1990 com o seu álbum de estreia (e de grande sucesso) Ten, e desde então nunca mais parou. Com quase três décadas na ativa, além de ser considerada uma das bandas mais influentes do cenário, também é conhecida por seus envolvimentos em causas sociais e ambientais.

12. Radiohead

Radiohead é uma das mais influentes bandas de todos os tempos. Formada em 1985 em Abingdon, Inglaterra, coleciona sucessos e prêmios. Só no Grammy foram 20 indicações, levando três deles. A experimentação é marca registrada da banda, com o vocal virtuoso de Thom Yorke, levando seu sucesso para os próximos anos. Até hoje a banda se mantêm ativa, com cada vez mais experimentação em seus álbuns e músicas.

13. Alice in Chains

O Alice in Chains surgiu em 1987 e, assim como o Soundgarden, foi uma das principais responsáveis pela repercussão mundial do movimento grunge. Ao todo, foram 14 milhões de álbuns vendidos nos Estados Unidos e aproximadamente 30 milhões em todo o mundo, recebendo nove indicações ao Prêmio Grammy ao longo de sua existência. Com a morte do vocalista Layne Staley em 2002, a banda passou por um pequeno hiato, mas voltou a ativa com força total com William DuVall assumindo os vocais.

14. The Runaways

A banda californiana formada só por mulheres, entre elas Joan Jett, autora do hit I Love Rock N’ Roll, tem entre suas canções mais conhecidas Cherry Bomb, Queens of Noise e You Drive Me Wild. A banda acabou ainda em 1979, mas deixou a mensagem de que mulheres podem fazer rock and roll de boa qualidade, influenciando bandas como Go-Go’s e L7.

15. Foo Fighters

Após a morte de Kurt Cobain em 1994, o baterista Dave Grohl até cogitou abandonar a música, mas diversas composições não divulgadas enquanto fazia parte do Nirvana o motivou a continuar no ramo, e assim surgiu o Foo Fighters. A banda lançou diversos álbuns desde 1995, emplacando muitos sucessos e recebendo inúmeros prêmios, consolidando-se como uma das bandas mais respeitadas do cenário ainda em atividade.

16. Black Sabbath

Banda inglesa formada em 1968, pioneira do Heavy Metal, com diversos sucessos como Iron Man e Paranoid, teve sem dúvida como uma das marcas registradas o seu primeiro vocalista, Ozzy Osbourne, que saiu da banda em 1979 devido ao seu vício em álcool.

17. Incubus

Com quase 30 anos de história, o Incubus já lançou tantos trabalhos incríveis e cada um deles mostra o quanto a banda se reinventa ao longo dos anos. Desde 1990, quando começaram fazendo covers de Metallica e Megadeth, os integrantes já se arriscavam a criar suas próprias canções, misturando o rock com eletrônico, hip-hop e funk. Com o segundo álbum S.C.I.E.N.C.E, de 1997, o Incubus iniciou uma nova etapa da carreira, tocando em festivais ao lado de bandas conceituadas, como Soulfly, Korn e System of a Down.

18. Korn

O nu metal se tornou uma febre mundial no final dos anos 1990, mas muito antes disso nascia o Korn, principal precursor do gênero. Desde o lançamento do primeiro trabalho da banda, em 1994, o grupo bateu a marca de aproximadamente 35 milhões de álbuns vendidos, sendo que sete deles atingiram certificação de platina nos EUA. Capriche no volume ao escutar Freak on a Leash e Falling Away from Me, principais hits da banda.

19. Slipknot

Outro sucesso do nu metal é o Slipknot e seus integrantes mascarados. A energia vibrante dos músicos em cima do palco durante os shows é a marca registrada da banda, abrindo portas para festivais renomados como Ozzfest, Download Festival, Rock am Ring, Hellfest e Graspop Metal Meeting. All Hope Is Gone (2008) e 5: The Gray Chapter (2014) foram álbuns responsáveis por catapultar o grupo para o topo de várias paradas musicais mundiais, incluindo o Billboard 200, e em 2006 a música Before I Forget ganhou o prêmio de Best Metal Performance no Grammy.

20. Soundgarden

Se há uma banda responsável pelo surgimento do grunge, em Seattle, sem dúvidas, é o Soundgarden. Formada em 1984, os pioneiros do movimento que marcou o rock tinha como marca registrada os rifles pesados de guitarra e a voz rasgada de seu líder, Chris Cornell, mas só atingiram o grande sucesso na década de 1990, quando Superunknown e Down on the Upside, segundo e terceiro álbum da banda, estrearam na primeira e segunda posição da Billboard, respectivamente.

21. Interpol

Formada em 1997 em Nova York, tem como principal característica as guitarras indies de Daniel Kessler e o vocal marcante de Paul Banks. Após um hiato de 3 anos entre 2011 e 2014, “El Pintor” é lançado em 2014 atingindo 1º lugar na parada de Álbuns Alternativos da Billboard e 7º lugar na parada geral. Ouça “No I in Threesome”, vale muito a pena.

22. Garbage

A banda da vocalista Shirley Manson foi fundada em 1993 em Madison, Wisconsin, sendo uma das principais vocalistas de sua época. Já venderam mais de 17 milhões de cópias, sendo que dessas, 4 milhões foram de seu álbum de estreia, que apresentou a música “Only Happy When It Rains”, o seu maior sucesso até hoje. Em 1999, interpretou “The World Is Not Enough”, da trilha Sonora de “007: O Mundo Não é o Bastante”, 19º filme da franquia de James Bond.

23. Green Day

Quando os primeiros ensaios do Green Day começaram em 1987, a banda ainda era chamada de Sweet Children, mas depois de dois anos, com o lançamento do álbum de estreia do trio, o nome foi mudado para o que nós conhecemos hoje (ainda bem, né?). Mesmo com um som totalmente diferente da proposta inicial da banda, o Green Day atingiu uma respeitada imagem devido ao seu grande e divertido legado.

24. The Offspring

Formada em 1984 na California, o Offspring detém dois títulos um tanto quanto icônicos: o álbum Smash é o mais vendido de todos os tempos por uma gravadora independente, enquanto a música Pretty Fly (for a White Guy) é a canção mais baixada da história da Internet. As maiores influências desta banda que também é influente são Ramones, Bad Religion e Sex Pistols, que inspiraram Dexter Holland e sua turma a criarem sucessos como Self Esteem, Why Don’t You Get a Job? e Gone Away.

25. Smashing Pumpinks

Apesar de ter sua formação em 1988, o Smashing Pumpkins teve seu sucesso consolidado no início dos anos 1990. Em 1993, com “Siamese Dream”, conseguiram consolidar sua posição no mainstream, quando ocorreu a explosão do grunge, estilo que foi rapidamente atribuído a banda, mesmo contra o desejo do vocalista, Billy Corgan.

26. System Of a Down

Também conhecida como SOAD, a banda californiana iniciou as atividades em 1994, e se tornou famosa por suas visões políticas e sociais, e também por utilizarem instrumentos incomuns em suas músicas, como guitarra barítona, mandolins elétricos, sitar, violões de doze cordas, entre outros. “B.Y.O.B.” é uma das músicas responsáveis pela popularização comercial da banda, e venceu o prêmio de Melhor Performance Hard Rock em 2006. Apesar de não fazerem muitas aparições atualmente, seus discos já venderam cerca de 40 milhões de cópias em todo o mundo.

27. The Cure

Uma das bandas mais influentes do rock teve a sua era de ouro na década de 1980 e 90, com sucessos como Friday in Love, Close to Me, Boys Don’t Cry e Just Like Heaven, todas compostas e produzidas por Robert Smith, único integrante fixo do The Cure. Em 2004, a marca de 30 milhões de cópias em todo o mundo, sendo 1.1 milhão de vendas certificadas somente no Reino Unido, foi batida, transformando-a em uma das bandas alternativas de maior sucesso da história.

28. Scorpions

A primeira banda de hard rock surgiu na Alemanha Ocidental em 1965, fundada pelo guitarrista Rudolf Schenker. Ao todo, foram aproximadamente 75 milhões de álbuns vendidos no mundo inteiro desde a sua estreia em 1972, com o álbum Lonesome Crow. Com o sucesso de sua primeira turnê mundial em 1974, o Scorpions foi considerado como uma das melhores bandas de hard rock ao vivo, e dez anos depois, lançaram a balada Still Loving You, que a consagrou definitivamente nas paradas internacionais mais importantes do meio musical.

29. Pink Floyd

Pink Floyd iniciou sua trajetória em 1965 e fez história com um rock psicodélico progressivo. Além das músicas cheias de experimentação e emoção, eles também inovaram nos shows, usando projeções e outros efeitos especiais.

29. KISS


Aqui, outra banda que se destaca pela junção de música e performance. KISS é um grupo nova-iorquino formado em 1973 e que, desde então, tem presenteado os fãs com muita pirotecnia, maquiagens, figurinos e rock’n’roll.

31. AC/DC

AC/DC foi uma das maiores e mais respeitadas bandas de rock de todos os tempos. Apesar de Highway to Hell ter sido um álbum bem sucedido, Back in Black foi o mais vendido (cerca de 50 milhões de cópias). Foram 19 discos lançados ao longo dos anos, sendo o último um presente para os fãs em 2018, que há 4 anos não ouvia nada inédito da banda.

32. The Doors

O rock psicodélico do The Doors se tornou referência para o mundo da música, principalmente por narrarem as aventuras vividas por seu vocalista Jim Morrison, como nas canções Break on Through (To the Other Side), Light My Fire e Riders on the Storm. A popularidade da banda continuou mesmo com a dissolução em 1972, depois da tentativa fracassada de continuar o trabalho mesmo após a morte de Jim. Ao todo, foram mais de 100 milhões de cópias vendidas deste legado que se tornou um clássico do rock’n roll.

33. Rage Against The Machine

De 1991 a 2011, o Rage Against The Machine lançou centenas de canções com visões políticas revolucionárias de esquerda foram lançadas, angariando fãs pelo mundo todo, que lhe renderam 16 milhões de discos vendidos. Quando foram chamados para abrir o Lolapalloza em 1993, tinham lançado o primeiro álbum há apenas um ano, mas foi o tempo suficiente para reunir um público com um número respeitado de pessoas. A última aparição da banda no Brasil foi em 2010 no festival SWU, onde centenas de pessoas marcaram um número recorde de público naquela edição — e que ficou famosa depois que a plateia invadiu a área VIP do evento durante o show.

34. The Cranberries

Apesar de ser considerada uma banda de rock alternativo, The Cranberries passeia por diversas vertentes, entre eles indie pop, post-punk, folk e dream pop. O auge do quarteto irlandês chegou logo com o álbum de estreia Everybody Else Is Doing It, So Why Can’t We?, que se tornou comercialmente rentável nos EUA na década de 1990, com os sucessos Linger, Dreams, entre outros hits. Zombie, Ode to My Family e Salvation são outras canções que não podem faltar em sua playlist, para eternizar na memória a doce voz da vocalista Dolores O’Riordan, que morreu em 15 de janeiro de 2018, em Londres.

35. Queens Of The Stone Age

Uma das principais bandas dos últimos tempos, o Queens Of The Stone Age possui uma carreira cheia de hits e polêmicas. Seu vocalista, Josh Homme, foi alvo de diversas controvérsias em sua carreira. O grupo também teve diferentes formações ao longo dos anos, contando inclusive com Dave Grohl (no Nirvana e Foo Fighters) como baterista. Para ouvir: o álbum Songs For The Deaf.

36. R.E.M.

O R.E.M. é uma das bandas pioneiras do rock alternativo a experimentar o sucesso no mainstream e, durante seus numerosos e grandiosos shows pelo mundo, sempre se preocupou em levar questões políticas e ambientais para o grande público. As músicas Losing My Religion (a mais famosa da banda) e Shiny Happy People, gravada em parceria com o B’52, foram muitíssimo premiadas; entre algumas das vitórias podemos citar os três Grammys e seis MTV Video Music Awards. Depois disso houveram sucessos atrás de sucessos, até o anúncio do fim da banda, em 2011.

37. Bad Religion

Sem dúvidas, o Bad Religion foi a banda responsável por colocar de volta em evidência o punk rock, no final da década de 1980. O estilo, que andava no esquecimento até então, ganhou uma nova e considerável leva de fãs, quando No Control (1989) e Against the Grain (1990), quarto e quinto álbum do grupo, foram lançados por uma grande gravadora. Entre os clássicos da banda estão American Jesus, 21st Century e Sorrow.

38. Snow Patrol

Se existisse o título de “rock universitário”, certamente o Snow Patrol o deteria. Isso porque a banda começou dentro de uma universidade e tocando para universitários, lá em meados de 1994, na Escócia. Durante muitos anos, o grupo atuou fervorosamente no cenário underground na Europa, mas ganhou popularidade quando a música Chasing Cars foi incluída em um dos episódios da segunda temporada de Grey’s Anatomy. /p>

39. Iron Maiden

Os amantes do bom e velho heavy metal nunca negarão: o Iron Maiden é uma das bandas mais importantes e aclamadas do meio. Apesar de iniciarem as atividades em 1975, o sucesso bateu na porta destes ingleses somente em 1982, com o lançamento do álbum The Number of the Beast, que se tornou um clássico do gênero. Até hoje o grupo segue ativo, e marca presença nos principais festivais de rock, como Rock in Rio, Monsters of Rock, Ozzfest, Wacken Open Air, Gods of Metal, entre outros.

40. Motörhead

Em 2015, o mundo chorou a morte de Lemmy, um dos músicos mais emblemáticos da história do rock. Líder do Motörhead desde a sua formação, em 1975, foi protagonista de grandes clássicos, como Ace of Spades, Hellraiser e Killed By Death, que levaram a banda a ser considerada a precursora da Nova Onda do Heavy Metal Britânico. Ao todo foram 22 álbuns de estúdio, 10 gravações ao vivo, 12 compilações e 5 EPs ao longo de 40 anos de história, e até 2012, haviam batido a marca de 15 milhões de cópias vendidas no mundo todo.

41. Blondie

Liderada pela belíssima vocalista Debbie Harry, os nova-iorquinos do Blondie foram os pioneiros dos gêneros punk rock e new wave, com seus dois primeiros bem sucedidos álbuns. Até o lançamento de Parallel Lines, em 1978, a banda era tida como um grupo underground nos EUA, até estourarem com as músicas Call Me, Atomic e Heart of Glass. Mais tarde, as referências de disco e pop foram comumente encontradas em suas canções, como Heart Of Glass e The Tide Is High. Recentemente, o Blondie fez o seu primeiro show no Brasil, no festival Popload.

42. Pantera

Ao longo dos 22 anos de trajetória, 40 milhões de cópias foram vendidas dos nove álbuns lançados pela banda, com suas composições pesadas ao estilo power-groove. Somente no quarto disco que Phill Anselmo assumiu os vocais, e o trabalho de maior repercussão comercial, Cowboys from Hell, já contava com seus guturais. As constantes brigas entre os integrantes causaram a ruptura do grupo em 2003, e qualquer esperança de retorno acabou em 2004, quando o guitarrista e fundador do Pantera, Dimebag Darrell, foi brutalmente assassinado.

43. Megadeth

O Megadeth é uma banda americana de heavy metal fundada em 1983 em Los Angeles pelo vocalista David Mustaine, ex-Metallica. Mesmo com a constante troca de integrantes no grupo, o sucesso veio rapidamente, ganhando disco de ouro e platina em seu álbum de estreia, em 1985. Atualmente, Mustaine conta com a participação de um grande guitarrista brasileiro em sua tripulação — Kiko Loureiro, do Angra, e o último álbum Dystopia, lançado em 2016, ganhou o prêmio “Best Metal Performance” no Grammy do ano seguinte.

44. Pixies

A banda preferida de Kurt Cobain foi idealizada por Black Francis e Joey Santiago, que em 1986 colocaram um anúncio no jornal procurando outros possíveis integrantes para formar o Pixies. Dois anos depois, mesmo que timidamente, o quarteto passou a chamar a atenção da imprensa americana, e o primeiro LP Surfer Rosa foi considerado como o melhor álbum alternativo do ano pelos críticos. Mas foi no auge deste sucesso que as brigas internas começaram e o fim da banda chegou em 1992. Porém, doze anos depois, sem Kim Deal, o Pixies voltou com força total, e desde então já lançaram dois álbuns de inéditas.

45. The White Stripes

Se falam que os grandes gênios do rock não têm menos de 50 anos, é porque claramente não conhecem Jack White. Sim, ele é um gênio, criador de riffs marcantes e diversos projetos bem-sucedidos na música. O White Stripes, formado pelos irmãos Jack e Meg White, é a definição perfeita de “menos é mais”. Somente com guitarra e bateria, eles foram responsáveis pela criação de um dos maiores hits do esporte (sim, do esporte!), quem não se lembra de todas as torcidas cantando “Seven Nation Army” durante a entrada das seleções durante todos os jogos da Copa do Mundo da Rússia?

46. Weezer

Firmemente presente no cenário alternativo, o Weezer garante boas músicas e uma trajetória consolidada desde 1992, quando lançaram o seu álbum de estreia. Ao todo, foram mais de 25 milhões de cópias vendidas no mundo e diversos prêmios conquistados desde então, como MTV Video Music Awards, Billboard e Grammy. Apesar de não lançarem trabalhos inéditos com bastante frequência, a banda costuma marcar presença em diversos festivais e turnês pelo mundo afora, mantendo os fãs sempre por perto. Recentemente, o quarteto lançou o elogiado cover Africa, da banda Toto.

47. Thirty Seconds To Mars

Liderada pelo também ator Jared Leto, o Thirty Seconds To Mars atua desde 1998, produzindo rock alternativo, mas passeando pelas vertentes comerciais do gênero. A banda conta com composições não só de Jared, mas também de seu irmão Shannon. O álbum de estreia veio em 2002, que vendeu cerca de dois milhões de cópias. Ao todo foram cinco discos lançados e a banda já ganhou diversos prêmios, incluindo o MTV Video Music Awards, Teen Choice Awards e Grammy Pull Down.

48. The Killers

Parece que a água de Las Vegas tem algum encanto, já que essa é a segunda banda incluída nesta lista vinda da cidade americana que é uma máquina de fazer hits. O The Killers lançou o seu primeiro álbum em 2004 e imediatamente obteve uma boa resposta não só do público como também da crítica. As batidas oitentistas de Somebody Told Me e Mr. Brightside são pequenas demonstrações do estilo da banda, que usa e abusa de sintetizadores em suas composições, dando a elas uma característica bastante dançante. Não deixe de conhecer também as deliciosas Shot at the Night e Smile Like You Mean It.

49. Oasis

A banda criada pelos irmãos Gallangher sobreviveu até meados de 2009, mas mesmo com tantas brigas entre Noel e Liam ao longo dos 18 anos de sua existência, o Oasis conseguiu criar um legado indiscutivelmente respeitado para o rock não só britânico, como mundial. Foram sete álbuns recordistas de venda, somando cerca de 70 milhões de cópias vendidas, além de diversos prêmios e até um título no livro Guinness World Records, como “Mais Longo Top 10 nas Paradas Britânicas por um Grupo”. Agora está explicado porque Wonderwall, Don’t Look Back In Anger e Stand by Me são tão conhecidas até hoje por pessoas de diferentes faixas etárias, não é mesmo?

50. Van Halen

Quando os irmãos Eddie e Alex resolveram montar uma banda em 1972 em Pasadena, eles nem imaginavam que ocupariam a 19ª posição na lista dos maiores vendedores de discos nos EUA com o álbum de estreia, nem tão pouco que seriam o grupo com mais singles a chegarem ao topo do Hot Mainstream Rock Tracks, muito menos que seriam uma das cinco bandas de rock a ter dois de seus discos certificados com o Disco de Diamante nos Estados Unidos. Ainda acha pouco? Esse é só um resumo bem básico dos feitos realizados pelos responsáveis de sucessos como Jump, I Can’t Stop Loving You, entre outros hits.

Já está com os fones de ouvido preparados para curtir cada uma dessas bandas? Veja também a nossa lista de bandas de rock nacional e complete sua playlist!